Espanhol na Argentina

A Argentina se transformou em um dos principais centros escolhidos para a aprendizagem de espanhol. O prestígio educativo, a ampla oferta cultural e turística e o câmbio farovável são as chaves para que sejam irresistíveis.
O espanhol é falado no mundo todo por mais de 400 milhões de pessoas e é a segunda língua de comunicação internacional depois do inglês.

Esta condição faz com que seu aprendizado seja uma exigência para quem deseja se integrar no mercado global de trabalho, as comunicações e o turismo. O estudo de outras línguas in situ já foi destituído como um rentável ramo do turismo - chamada idiomático-, associada ao prazer e ao conhecimento da cultura e indiossincrasia de outras sociedades.

A escolha da Argentina como base para aprender espanhol cresce anos após ano. Somente em 2007, a cifra de estudantes subiu de 17.000 para 25.000. Os meses de maior afluência são fevereiro, julho e agosto.

As sedes se multiplicam e incluem, além de universidades, centros de estudos distribuídos por todo o país, os quais geralmente brindam opções para facilitar o alojamento dos estudantes como também o acesso a outras atividades (trabalho voluntário, aulas de tango, esportes, turismo rural, de aventura ou de saúde).


Outro motivo muito estimulante para vir à Argentina estudar espanhol é a existência do Certificado de Espanhol Língua e Uso (CELU).